Capitolio


Susep quer criar mercado de títulos de seguros

10 de julho 2020

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) pretende viabilizar o mercado de investimentos ligados a seguros no Brasil, o chamado ILS (sigla para insurance linked securities).

O objetivo é que o instrumento seja uma alternativa ao modelo tradicional de transferência de riscos de seguros e resseguros. Uma consulta pública será a aberta a partir de hoje para discutir o assunto com o mercado.

Tradicionalmente, a resseguradora se capitaliza por meio de um acionista privado ou uma emissão de ações. Pelo ILS, em vez de se financiar com capital próprio, ela poderá emitir uma dívida, cujo fluxo de caixa está associado a um contrato de resseguro que fez com a seguradora.

Se ao fim do prazo — em geral, de um a três anos — não houver sinistro decorrente desta exposição, o investidor recebe de volta o capital investido, mais um retorno adicional para compensar o risco assumido. Caso ocorra um sinistro, o investidor não recebe o retorno e pode perder parte do capital investido, dependendo das características do ILS. Por isso, pela proposta da Susep, o título será destinado a investidores profissionais.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico