Capitolio


Em redes sociais, secretária do Ministério da Saúde culpa governadores por mortes por Covid-19

09 de julho 2020

Mayra Pinheiro, que se tornou conhecida ao hostilizar profissionais do Mais Médicos, afirma que líderes de SP, RJ e CE são responsáveis por ‘mortes evitáveis’

Empurra Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do governo Jair Bolsonaro, a médica Mayra Pinheiro publicou nas suas redes sociais que os governadores e prefeitos de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará são os responsáveis pelas mortes por coronavírus que aconteceram em suas regiões.

Culpa sua “SP 15.996 mortes por Covid. RJ 7.363 mortes por Covid. CE 6.351 mortes por Covid. Todas essas mortes evitáveis deveriam ser colocadas sob responsabilidade dos governadores, prefeitos, secretários de saúde e instituições desses estados, que impediram ou dificultaram o acesso as medicações para tratamento da doença”, escreveu Mayra nesta quarta (8).

Famosa A publicação gerou revolta em secretários estaduais de Saúde. Ela se tornou conhecida em 2013 por ter hostilizado cubanos que participavam de curso do Mais Médicos. Em 2019, Mayra entrou no governo para cuidar do programa, que mudou de nome.

Autor: Mariana Carneiro e Guilherme Seto
Referência: Folha de São Paulo