Capitolio


Na pandemia, Electrolux saca depósitos trabalhistas

01 de julho 2020

Coluna Broadcast

A Electrolux recebeu o direito de trocar depósitos judiciais em processos trabalhistas por seguros que garantem os recursos, caso perca a causa. Na prática, isso significa que o dinheiro parado na Justiça, enquanto o processo corre, pode voltar ao caixa da fabricante de eletroeletrônicos. Nos últimos meses, um maior número de decisões nesse sentido vem sendo tomado, o que abre caminho a outras empresas adotarem o instrumento. A Electrolux fez o pedido para 187 processos. Segundo Antonio Vasconcellos Jr., sócio da Advocacia Castro Neves Dal Mas, que cuida da iniciativa, só 2% enfrentaram resistência de juízes. Em tempos de crise, essa tem virado uma possibilidade na busca por liquidez pelas companhias. Hoje, há R$ 250 bilhões depositados em contas judiciais de várias áreas.

Referência: Estado de São Paulo