Capitolio


Na contramão, fundo de pensão no país reduz fatia em bolsa desde 2014

02 de junho 2020

A exposição em renda variável de fundos de pensão de 16 países da América Latina, Oriente Médio, África e Ásia cresceu cinco pontos percentuais desde 2014, enquanto no Brasil caiu, aponta uma pesquisa da consultoria Mercer com entidades que administram um patrimônio total de US$ 5,2 trilhões.

O aumento dos investimentos locais em renda fixa, na contramão mundial, é herança dos juros reais altos, mas, com a Selic no menor nível da história, isso deve mudar ao longo do tempo, na visão do líder dos negócios de previdência e investimentos da Mercer no Brasil, João Morais.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico