Capitolio


Laboratórios querem mais restrição para teste de coronavírus em farmácia

25 de maio 2020

Vigilância sanitária do Distrito Federal definiu regras como necessidade de área específica para exame

Remédio Incomodados com a liberação da Anvisa para fazer os testes de coronavírus nas farmácias, os laboratórios comemoraram as novas normas que a vigilância sanitária do DF definiu para a realização dos exames na semana passada. Agora eles se mobilizam para que a iniciativa seja replicada pelos estados.

Bula A medida proíbe a venda de testes rápidos para uso fora das farmácias e exige que elas tenham um espaço próprio para os exames. Para o advogado André Teles, representante do Sindilab no DF, as novas regras reduzem o risco de contaminação. A Abrafarma, associação das farmácias, não quis comentar.

Autor: Joana Cunha
Referência: Folha de São Paulo