Capitolio


Aumento de custo médico-hospitalar deve ser de 15%

10 de janeiro 2020

Patamar deste ano é menor que o de 2019, mas ainda supera em cerca de quatro vezes o IPCA

A inflação médica, que mensura os preços dos serviços médico-hospitalares, deve ficar em 15% neste ano. O indicador é uma das referências para os reajustes dos planos de saúde. O patamar deste ano deve representar uma queda de dois pontos percentuais em relação a 2019, mas ainda supera em cerca de quatro vezes a inflação geral medida pelo IPCA.

Os dados são da consultoria e corretora Aon, que fez o levantamento com base em sua carteira formada por 2,8 milhões de usuários de planos de saúde corporativos, modalidade que representa 65% do mercado.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico