Capitolio


Lágrimas

14 de outubro 2019

O projeto garante ressarcimento de seguradoras, ramo onde Bivar atua, pelas despesas do FCVS (Fundo de Compensação de Variações Salariais). A assessoria de Bivar diz que ele não tem acompanhado as comissões por conta da agenda lotada. A votação do projeto, além disso, vem sendo adiada desde agosto e ele já não seria votado na semana passada.

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo