Capitolio Consulting


Diversificação

11 de junho 2019

Coluna do Broadcast

Os fundos de pensão de países em desenvolvimento (América Latina, Oriente Médio, África e Ásia) alocam mais recursos em renda variável. Estudo da consultoria Mercer mostra que a participação de investimentos em ações alcançou, na média, 40% do portfólio no ano passado, ante 32% em 2017, na esteira de menores taxas de juros nos países da região. Renda fixa continua majoritária, com 46%. No Brasil, apesar de investimentos em renda variável estarem ganhando destaque, os fundos de pensão ainda concentram 73% das carteiras em renda fixa.

Referência: Estado de São Paulo