Capitolio Consulting


Clube da esquina

15 de março 2019

A rede Cartão de Todos, uma espécie de clube de benefícios que cobra uma mensalidade de seus clientes, investirá R$ 40 milhões neste ano em expansão e marketing. O plano é abrir 50 lojas em 2019.

A companhia é de 2001, e no seu início, parte importante de seus clientes pagavam a fatura do cartão junto com o boleto de luz, diz Tales Vilar, vice-presidente do grupo.

“A ideia é passar a receber mais via cartão de crédito. Somos focados nas classes C e D, que têm aumentado o uso dessa solução de pagamento.”

A empresa foi objeto de uma recente decisão favorável no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

O CFM (Conselho Federal de Medicina) coibia profissionais de saúde a aceitar o cartão de descontos para a prestação de serviços médicos.

A superintendência do Cade instaurou um processo administrativo e, durante a investigação, o CFM será multado em R$ 5.000 por dia se descumprir as ordens.

200 são as lojas atuais

Autor: Maria Cristina Frias
Referência: Folha de São Paulo