“Paciente em pé é que dá lucro”

Na esteira de uma política voraz de aquisições, o valor dos ativos do grupo que reúne as operadoras de planos de saúde Assim e Memorial cresceu mais de dez vezes nos últimos dez anos, chegando a R$ 1,1 bilhão em 2017. “Paciente em pé é que dá lucro”, diz Aziz Chidid, presidente da empresa, que se expandiu a partir da verticalização das operações e privilegiando procedimentos de baixa complexidade (como exames e consultas).

Veja mais

Autor: Rodrigo Carro – Referência: Valor Econômico