Estabilização do quadro

O número de postos de trabalho no setor de saúde privada cresceu 2,1% em 2017, segundo a Fehoesp (federação dos hospitais) e a Websetorial, contratada a partir deste mês para analisar o setor.

O saldo de empregos ficou positivo em 44,5 mil vagas.

“A melhora foi importante, mas ainda é muito pequena. Tivemos alta de 15 mil vagas em São Paulo, algo que até 2014 registrávamos em um único mês”, diz Yussif Ali Mere Jr., presidente da Fehoesp.

As áreas com saldo mais positivo foram as de atendimento hospitalar, ambulatorial e de serviços diagnósticos.

“Não é possível falar em crescimento, mas em redução da queda. Acreditamos que 2018 será melhor que 2017”, diz Claudia Cohn, presidente do conselho da Abramed, que representa os laboratórios.

Autor: Maria Cristina Frias – Referência: Folha de São Paulo