BNY quer responsabilizar comitê do Postalis por aportes

Investigado na Operação Pausare, o BNY Mellon pretende concentrar sua defesa na responsabilização dos membros do comitê de investimentos do Postalis. Com quatro ex-executivos no alvo da Justiça, o banco pretende apontar falhas técnicas na investigação conduzida Pela Polícia Federal e pela Procuradoria da República em Brasília.

Veja mais

Autor: Murillo Camarotto
Referência: Valor Econômico